quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Meus amigos, Boas Entradas!



Este é o última mensagem deste ano.
É para lhes desejar um ÓPTIMO 2010, recheado de coisas boas!
Divirtam-se que eu vou partir a louça toda!
Geralmente gosto de fazer barulho com as tampas dos tachos e panelas mas este ano apetece-me partir a louça... Por isso, se tiverem pratos e copos a mais, já sabem...


Até para o Ano!!!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Algarvios entre os convocados para estágio em Rio Maior

Estão definidos os atletas convocados das Selecções Nacionais Absoluta, Sénior Jovem e Júnior que vão estagiar, entre 6 e 10 de Janeiro do próximo ano, no Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior.
Entre os convocados, irá acompanhar a Selecção 3 nadadores de dois clubes Algarvios.
Os 3 atletas Algarvios:
Alexandre Agostinho (Portinado) na Selecção Nacional Absoluta
Nuno Quintanilha (Louletano DC) na Selecção Nacional Absoluta
Cátia Martinheira (Louletano DC) na Selecção Nacional Júnior
Selecção Nacional Absoluta: Adriano Niz (Benfica); Luís Vaz e Jorge Maia (Famalicão); Alexandre Agostinh (Portinado); Maria João Dores (Sporting); César Faria e Sara Cruz (Bairro dos Anjos); Marta Marinho, Paulo Santos, João Carvalho, Sara Loureiro e Sara Oliveira (FC Porto/Dolce Vita); Diana Gomes, Duarte Mourão e Simão Morgado (Amadora); Nádia Vieira (Gesloures); Diogo Carvalho (Galitos de Aveiro); Nuno Quintanilha (Louletano); Fábio Pereira (Fluvial Vilacondense); Luís Pinto (CD Nacional).
Selecção Nacional Sénior Jovem: Ana Franco (Sporting); Miguel Oliveira e Maria Veloso (CNAc); André Silva (Palmela Desporto); Pedro Oliveira (Belenenses); Carlos Santos, Joana Carvalho, Rui Vilar, Joana Rodrigues e Sérgio Silva (FC Porto/Dolce Vita); e Rui Costa (V. Guimarães).
Para as Selecções Nacionais Absoluta, Sénior Jovem, a seguinte equipa técnica: 
Seleccionador: Rui Magalhães
Treinador Nacional: Alexandre Dias
Treinadores convidados: Élio Terrível (Galitos), José Silva (FC Porto/Dolce Vita) e Nuno Franco (CD Nacional).

Selecção Nacional Júnior: Alexis Santos, Mafalda Beleza, Maria Rosa, Pedro Agostinho, Filipa Tiago e Patrícia Marinho (Sporting); João Almeida (FC Porto/Dolce Vita); Ana Rodrigues (Associação Estamos Juntos); Andreia Gomes (V. Guimarães); Catarina Nunes, Gonçalo Gregório e Inês Martins (SFUAP); Mário Pereira (Ginásio Clube Figueirense); Cátia Martinheira (Louletano); Mauro Costa e Nuno Durães (Naval Setubalense); Diana Rocha e Ricardo Silva (Fluvial Vilacondense); Miguel Diogo e Diogo Silva (CN Alcobaça); Miguel Saraiva e Susana Oliveira (Belenenses); Francisco Vital (Benfica); Edgar Ribeiro e Ricardo Machado (Sporting de Braga); Gabriela Andrade (CNAc); Pedro Mendes (Colégio Vasco da Gama); Gustavo Santa (CN Litoral Alentejano).

 Para as Selecção Nacional Júnior, a seguinte equipa técnica: 
Treinador Nacional: Bruno Freitas
Treinador-adjunto: Joana Reis
Treinadores convidados: António Vasconcelos (Fluvial Vilacondense), Luís Ferreira (Associação Estamos Juntos) e Rui Freitas (SFUAP).

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Regulamentos e Estatutos da FPN


Os novos Regulamentos da FPN – Eleitoral, Disciplinar, de Arbitragem e Formação – que entram em vigor dia 1 de Janeiro já estão online, bem como os novos Estatutos.
Os regulamentos foram todos aprovados em Reunião de Direcção realizada no dia 15 de Dezembro de 2009 e os Estatutos foram aprovados em Assembleia Geral de 28/06/2009,
com alterações aprovadas em Assembleia Geral de 14/11/2009.
Estatutos
Regulamento Disciplinar
Regulamento Eleitoral
Regulamento de Formação
Regulamento de Arbitragem
- Anexo do Pólo Aquático
- Anexo da Natação Sincronizada

Reportagem FPN On-Line: "Regulamentos e Estatutos online"

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

USA vence Duelo com Europa

Neste final de ano, disputou-se em Manchester (p25m), nos dias 18 e 19 de Dezembro, pela 1ª vez o DUELO entre os Estados Unidos e a Europa. Depois de 3 edições em que os Estados Unidos bateram a Austrália em piscina longa (2003, 2005 e 2007). A edição de 2009 do Duelo foi ganha pelos Americanos com 185 pontos (95p masculinos e 90p femininos).contra os 78 pontos da Europa (41p femininos e 37p masculinos).
A selecção europeia foi composta por atletas alemães, britanicos e italianos. Os nadadores tiveram um incentivo de 15.000 dólares para cada recorde mundial obtido e 1.000 dólares pela vitória em cada prova individual.
Os Americanos foram os únicos a obter recordes do mundo (5 individuais e 3 estafetas).

Os 8 Recordes Mundiais no Duelo de 2009
Nick Thoman nos 100m Costas com 48.94
Julia Smit nos 400m Estilos com 4:21.04
Julia Smit nos 200m Estilos com 2:04.60
Rebecca Soni nos 200m Bruços com 2:14.57
Rebecca Soni nos 100m Bruços com 1:02.70
Masculinos nos 4x100m Estilos com 3:20.71
Femininos nos 4x100m Estilos com 3:47.97
Masculinos nos 4x100m Livres com 3:03.30

- Site "Duelo 2009"
- Resultados do "Duelo 2009"

sábado, 26 de dezembro de 2009

Paulo Frischknecht "Natação portuguesa soube acompanhar os tempos"


O responsável máximo pela modalidade salienta que, apesar das dificuldades e das disputas internas, a natação conseguiu bons resultados de que são exemplo os 99 recordes batidos

Paulo Frischknecht, presidente da Federação Portuguesa de Natação, explica que "no final de um ciclo olímpico, é difícil às nações e respectivas federações afirmarem-se no panorama internacional, porque há uma renovação de valores, e, nesse aspecto, a natação portuguesa soube acompanhar os tempos, mesmo tempos conturbados pela questão dos fatos de banho, (...) e o número de recordes acaba por traduzir essa realidade: foram 99 recordes, no ano em que celebramos o nosso octogésimo aniversário.
"A natação portuguesa, aquilo que precisa, é que as pessoas acreditem que a verdadeira concorrência não está por dentro: a concorrência - que é feroz - é cada vez mais lá fora, ao nível da disputa de parceiros, da disputa de instituições, de organizações que possam ajudar a natação portuguesa e o desporto nacional , cada vez mais, a afirmarem-se internacionalmente", acrescenta o dirigente.
Reportagem por Carlos Silva na RTP desporto On-Line

Áudios do Artigo

Paulo Frischknecht faz balanço positivo

Paulo Frischknecht alerta para a concorrência

Alteração do local do Torneio Zonal de Infantis – Zona Sul

Torneio Zonal de Infantis – Zona Sul – 5 a 7 de Março de 2010

Por solicitação da Associação de Natação do Algarve, entidade responsável pela organização do evento, informa, que a realização do mesmo transitará para o Complexo Desportivo das Piscinas Municipais de Tavira.
Inicialmente o Torneio Zonal de Infantis (Zona Sul), estava programado para se realizar nas Piscinas Municipais de Vila Real de Santo António.
Por motivos que não foram explicados sobre a alteração do local (fala-se no meio, que a gerência das piscinas de Vila Real de Santo António, não conseguiram o apoio necessário para realização do evento), assim salvaguardando qualquer percalço de ultima hora, para realização do evento, a ANALG resolveu informar a FPN, sobre a alteração do local da realização do Torneio Zonal de Infantis – Zona Sul.
As Piscinas Municipais de Vila Real de Santo António, foram inauguradas no dia 13 de Maio de 2007.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Pólo Aquático - Resultados da 2.ª Divisão




Resultados do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de pólo aquático, à excepção do jogo entre o CNAC e a Académica, do qual não nos foi possível apurar as informações.

Resultados
Classificação
Marcadores
Campeonato

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

FC Porto e Amadora Campeões Nacionais

Realizou-se neste fim de semana (nos dias 19 e 20), nas Piscinas (p25m) Municipais de Santo antónio dos Cavaleiros (Loures), os Campeonatos Nacionais de Clubes da 1ª e 2ª Divisão, onde estiveram presentes 3 equipas Algarvias. O Louletano com as duas equipas na 1.ª Divisão, masculinos (4º) e femininos (4º). O CN Faro na 2.ª Divisão com a sua equipa feminina (6º) e a Portinado com a equipa masculina (12º).

O FC Porto/Dolce Vita (femininos) e a Amadora (masculinos) são os Campeões Nacionais da 1.ª Divisão de natação, numa competição em que foi batido um total de 24 recordes nacionais (19 absolutos e cinco do escalão júnior).
O FC Porto conquistou o segundo título nacional consecutivo, enquanto a Amadora venceu o Campeonato pela segunda vez na sua história, tendo o primeiro triunfo colectivo ocorrido em 2003/04.
Na 2.ª Divisão, o Bairro dos Anjos sagrou-se campeão nacional feminino e o Benfica masculino.
Na tarde do último dia do Campeonato realizado em Santo António dos Cavaleiros foram alcançados mais quatro recordes nacionais absolutos.

Os recoredes da sessão da tarde do 2.º dia no Nacional de Clubes
Patrícia Conceição, da Amadora, sagrou-se como a nadadora mais rápida nos 100 livres, com a marca de 55.43. A nadadora, que de manhã já tinha conquistado o recorde nos 50 livres, superou o máximo que pertencia à portista Sara Loureiro desde o Europeu de Rijeka, realizado em Dezembro do ano passado e era de 55.74.
Diogo Carvalho nadou o primeiro percurso da estafeta de 4x200 metros livres em 1:45.69, que constitui novo máximo absoluto, o 12.º melhor tempo de Portugal que detém. O recorde anterior (1:45.70) estava na posse de Tiago Venâncio desde o mês passado.
Na estafeta de 4x200 metros livres foram batidos dois máximos absolutos, pelas equipas que se sagraram campeãs nacionais.
A equipa feminina do FC Porto/Dolce Vita melhorou o máximo nacional, que já era do clube, ao terminar em 8:18.93. O tempo realizado nos Nacionais Absolutos realizados há duas semanas em Leiria era de 8:19.18. O quarteto foi composto por Joana Rodrigues (2:04.15), Sara Oliveira (2:04.50), Sara Loureiro (2:04.44) e Marta Marinho (2:05.84).
A Amadora inscreveu o tempo de 7:15.07 na lista de melhores marcas nacionais, superando os 7:19.52 que eram detidos pelo Louletano/Loulé Concelho desde Leiria. Fábio Figueira (1:48.57), Daniel Viegas (1:52.40), Duarte Mourão (1:47.12) e Carlos Almeida (1:46.98) são os novos recordistas.

Na competição feminina, o FC Porto/Dolce Vita venceu o título ao somar 117 pontos, mais 17 que a Amadora. O pódio ficou completo com o Sporting (99 pontos).
 Desceram à 2.ª Divisão a União Piedense (45) e Viana Natação (17).
Em masculinos, a Amadora somou 110 pontos e destronou o Vilacondense do título. A equipa de Vila do Conde ficou no 2.º lugar, ao totalizar 89 pontos. O FC Porto/Dolce Vita reuniu 84 pontos e ascendeu ao 3.º posto.
Sporting (61 pontos) e Algés foram despromovidos à 2.ª Divisão.
Na 2.ª Divisão, o Bairro dos Anjos venceu a prova feminina com 223 pontos, seguido do Benfica (179) e Colégio Vasco da Gama (172). As duas primeiras classificadas subiram ao escalão maior da natação. Os quatro últimos classificados – Algés (106), Leixões (94), Galitos (93) e Desportiva de Viana (66) – vão disputar a 3.ª Divisão na próxima época.
O Benfica triunfou na 2.ª Divisão ao conquistar 237 pontos, com o Braga a ocupar o 2.º lugar do pódio (197) e Náutico/Matobra o 3.º posto (193).
As equipas que baixaram de Divisão foram a Gesloures (105), Estrelas S. João Brito (90), Torres Novas (70) e Rio Maior (18).
Antes da cerimónia do pódio masculino as equipas da Amadora e do FC Porto cantaram o hino nacional.
Os prémios foram entregues pelo presidente da Federação Portuguesa de Natação, Paulo Frischknecht, pelos vice-presidentes Luís Baptista e Sylkvie Dias, pelo presidente da Associação de Natação de Lisboa, Carlos Fernandes, pelo presidente do conselho de administração da GesLoures, Luís Matias, pelos vereadores da Câmara Municipal de Loures, João Domingues e Ricardo Leão, pelo Seleccionador Nacional de Natação Pura, Rui Magalhães, pelo responsável formação e responsável pelas selecções juniores e pré‐juniores, Bruno Freitas, pela treinadora assistente às selecções nacionais jovens de Natação Pura, Joana Reis e pela juiz-árbitro da prova, Ana Patacas. 

A Grande novidade!

Inês Tareco no (LDC)

Foi-me dito que Inês Tareco do CNBE, acompanhou a (sua nova?) equipa do Louletano ao Campeonato Nacional de Clubes (já treina com a equipa?).

domingo, 20 de dezembro de 2009

Continuam a cair recordes no Nacional de Clubes

Cinco recordes nacionais, três absolutos e dois juniores, e um máximo nacional absoluto igualado foram o saldo da manhã de hoje do Campeonato Nacional da 1.ª e 2.ª Divisões.

Os nadadores algarvios, Agostinho (igualou o próprio máximo absoluto nos 50 livres) e Quintanilha (bateu o recorde nacional absoluto dos 200 metros bruços) estiveram em destaque hoje de manhã no Campeonato Nacional da 1.ª e 2.ª Divisões.

Colectivamente as equipas algarvias não sofreram grandes alterações, na sessão da manhã do 2.º Dia de provas do Campeonato Nacional da 1.ª e 2.ª Divisões.

Os recoredes da sessão da manhã do 2.º dia no Nacional de Clubes

Alexandre Agostinho da Portnado, igualou o próprio máximo absoluto nos 50 livres. O nadador da Portinado voltou a registar a marca de 21.64, tal como há duas semanas, no Europeu de piscina curta realizado em Istambul.

Nuno Quintanilha, do Louletano/Loulé Concelho marcou 2:08.80 nos 200 bruços, juntando o recorde aos dos 100, que conquistou ontem. O anterior recordista era José Couto, com 2:09.14, tempo que datava de 2002.

Patrícia Conceição, da Amadora, melhorou o próprio recorde nacional absoluto na prova mais rápida da natação, os 50 metros livres. A velocista estabeleceu a marca de 24.94, abaixo dos 25.03 que tinha registado há um ano, no Campeonato Nacional de Clubes disputado em Sines.
Na mesma prova, a sportinguista Maria Carolina Rosa superou o próprio máximo do escalão júnior, ao nadar em 26.14, registo inferior aos 26.32 que alcançou há duas semanas, nos Campeonatos Absolutos de Leiria.
Diana Gomes bateu o recorde nacional absoluto dos 200 metros bruços, que já lhe pertencia, alcançando o terceiro máximo em dois dias. A marca de 2:25.87 passa a figurar como a mais rápida de Portugal. A brucista olímpica, que ontem obteve os recordes nos 50 e 100 bruços, tinha como melhor registo 2:26.02.
Nos 100 mariposa, Filipa Tiago, do Sporting, melhorou o registo do escalão júnior, que já estava na sua posse desde a competição de Leiria. A nova marca é de 1:01.56, inferior ao tempo de 1:01.65 assinalado há duas semanas.
A classificação da 1.ª Divisão feminina continua a ter na frente o FC Porto/Dolce Vita, com 85 pontos. No 2.º posto aparece agora a Amadora (76), que ultrapassou o Sporting (74).
Na competição masculina, a Amadora soma 85 pontos, suplantando o Vilacondense (69) e FC Porto/Dolce Vita (63).
A 2.ª Divisão feminina tem como líder o Bairro dos Anjos (165), seguido do Benfica (144) e Colégio Vasco da Gama (131).
No sector masculino o Benfica comanda com 174 pontos, seguindo o Braga (149) e Náutico/Matobra (143).
O Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª e 2.ª Divisões continua esta tarde na piscina municipal de Santo António dos Cavaleiros, a partir das 16h00.

Resultados
Resultados em Directo

sábado, 19 de dezembro de 2009

1º Dia do Nacional de Clubes 1.ª e 2.ª Divisões - Nuno Quintanilha do Louletano com Recorde Nacional


Nuno Quintanilha do Louletano, esteve em evidência no 1º dia de provas do Nacional de Clubes ao bater o seu recorde nacional dos 100m bruços com o tempo de 59.31, melhorando o tempo de 59.50 que tinha registado há duas semanas nos Campeonatos Absolutos disputados em Leiria.
Colectivamente a equipa de Loulé (LDC) masculina (1.ª Divisão), é o clube algarvio melhore classificado, encontra-se na terceira posição. a seguir, aparece duas equipas femininas no quarto lugar, LDC (1.ª Div.) e o clube de Faro (CNFA). A Portinado (masculino) 2.ª Divisão está no 12º lugar.
As equipas do FC Porto/Dolce Vita (femininos) e Amadora (masculinos) lideram a classificação do Campeonato Nacional de Clubes da 1.ª Divisão. O Bairro dos Anjos (femininos) e o Benfica (masculinos) lideram a classificação do Campeonato Nacional de Clubes da 2.ª Divisão.
No final de uma sessão da tarde foram estabelecidos sete recordes nacionais, cinco absolutos e dois do escalão júnior. Na sessão da manhã foram estabelecidos cinco máximos nacionais (quatro absolutos e um júnior).

Os recordes da sessão da Tarde
Diana Gomes, da Amadora, alcançou dois recordes absolutos na prova dos 100 metros bruços. À passagem dos 50 metros obteve a marca de 31.43 e no final da prova o tempo de 1:07.17, superando respectivamente os registos de 31.46 e 1:07.87. Na distância mais curta a anterior recordista era Ana Rodrigues (Associação Estamos Juntos) e o máximo dos 100 metros já pertencia a Diana Gomes.
Ainda na mesma prova, o sportinguista Pedro Agostinho baixou o próprio máximo nacional dos escalão júnior, ao terminar em 1:01.25. O tempo anterior datava de há duas semanas e era de 1:02.53.
Nos 200 metros livres, a vimaranense Andreia Gomes tornou-se a nadadora mais rápida do escalão júnior, ao alcançar a marca de 2:02.42, menos 30 centésimos de segundo que o registo anterior (2:02.72), que era detido pela bracarense Ana Alegria desde 2003.
Na estafeta de 4x100 metros estilos foram assinalados dois novos máximos absolutos. Na prova feminina, o FC Porto/Dolce Vita nadou em 4:06.14, registo inferior aos 4:09.10 que o clube tinha alcançado em Leiria. O quarteto foi formado por Marta Marinho (1:01.84), Joana Carvalho (1:10.08), Sara Oliveira (58.22) e Sara Loureiro (56.00).
No sector masculino, a equipa da Amadora é a nova recordista, com 3:35.10, abaixo dos 3:39.54 que o clube tinha obtido em Leiria. A estafeta foi composta por Duarte Mourão (53.94), Carlos Almeida (59.75), Simão Morgado (52.17) e Fábio Figueira (49.24).
Os recordes da sessão da manhã
Na prova de 100 metros costas foram batidos dois recordes antigos da natação portuguesa. Marta Marinho, do FC Porto/Dolce Vita melhorou um máximo absoluto que já tinha dez anos, ao alcançar a marca de 1:00.69. O registo anterior era de 1:01.99 e pertencia a Maria Carlos Santos desde o Europeu realizado no Jamor, em 1999.
Susana Oliveira melhorou a marca do escalão júnior, que já tinha 16 anos. A nadadora do Belenenses terminou em 1:03.22, superando o registo de 1:03.40 estabelecido por Petra Chaves em Palma de Maiorca, em 1993.
A nadadora júnior do Sporting Maria Carolina Rosa alcançou o recorde nacional júnior e absoluto dos 200 estilos, com o tempo de 2:14.94. O máximo absoluto (2:16.30) tinha sido fixado por Diana Gomes há apenas duas semanas, nos Campeonatos Absolutos realizados em Leiria, a mesma competição em que tinha sido obtido o recorde júnior (2:18.23), por Diana Rocha.
Na estafeta de 4x100m livres foram registados dois novos máximos absolutos, ambos pelos quartetos da Amadora. Em femininos, a marca de 3:45.59 passou a ser a mais rápida de Portugal, superando os 3:47.14 obtidos pelo FC Porto em Leiria.
A equipa foi composta por Diana Gomes (57.36), Ana Rita Rolo (58.05), Filipa Silva (55.41) e Patrícia Conceição (54.77).
Duarte Mourão (49.62), Fábio Figueira (49.23), Simão Morgado (49.64) e Carlos Almeida (48.95) alcançaram o tempo de 3:17.44. O anterior máximo estava na posse do FC Porto desde o Campeonato de Leiria e situava-se em 3:18.28.
Resultados
Resultados em Directo
Classificação Feminina
Classificação Masculina

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Campeonato Nacional de Clubes da 1ª e 2ª Divisão

Realiza-se nos próximos dias 19 e 20, nas Piscinas (p25m) Municipais de Santo antónio dos Cavaleiros (Loures), os Campeonatos Nacionais de Clubes da 1ª e 2ª Divisão, onde estaram presentes 3 equipas Algarvias, Louletano DC em masculinos e femininos, a Portinado com a equipa masculina e o CN Faro com a sua equipa feminina.



Competem na 1ª/2ª Divisões 373 atletas (190 nadadores e 183 nadadoras) em representação de 30 Clubes.

Comunicado da PORTINADO sobre a falta de comparência

Reportagem da Portinado On-Line: "PORTINADO NÃO JOGA POR FALTA DE SÉNIORES"
Quando um clube que participa nas competições europeias nos últimos dois anos consecutivos, que lidera presentemente o campeonato nacional com uma diferença considerável sobre o 2º classificado, que venceu a última Supertaça e a Taça de Portugal, que tem uma das melhores escolas de formação do país, se vê impedido de jogar, como aconteceu no passado sábado no jogo referente à 7ª jornada (Louletano x Portinado) por não ter nesse dia os seis jogadores seniores disponíveis, algo vai mal no pólo aquático nacional.

Não era nada que os dirigentes da Portinado não previssem que acontecesse, quando contestaram o regulamento federativo que limita as equipas nesta época a apresentarem seis jogadores seniores no campeonato nacional da 1ª divisão.

Essa contestação, que defendia como é óbvio os interesses do clube, defendia sobretudo o pólo aquático nacional, no sentido de o tornar menos centralizado, possibilitando também aos clubes localizados fora dos grandes centros e sujeitos todos os anos à “debandada” de jogadores para as faculdades nas grandes cidades, de terem também a possibilidade de competirem a nível nacional.

Não gostaríamos de continuar a ter nos jogos pseudo-jogadores no banco, como aliás já aconteceu em jornadas anteriores, para dessa forma podermos realizar os jogos cumprindo o regulamento em vigor.

Estamos convictos que mantendo-se o actual regulamento nacional, que para a próxima época de 2010/2011 obrigará a mais um sénior na acta de jogo, e considerando a impossibilidade da contratação de jogadores por limitações financeiras, a Portinado terá apenas duas possibilidades. Terminar com a equipa sénior de pólo aquático ou, continuar a utilizar pseudo-jogadores para estarem no banco.

É certo que para muitos, esta situação será entendida como um problema exclusivo da Portinado, mas, pensamos, que deveria ser razão para uma reflexão mais profunda sobre o pólo aquático em Portugal e sobretudo, para as causa que impedem o seu desenvolvimento no plano internacional, bem como para a fraca visibilidade que goza a nível nacional.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Aprovados novos estatutos da Analgarve

Decorreu em Loulé, no passado dia 12, a assembleia geral para aprovação dos novos estatutos da associação, dando cumprimento ao ponto 1 da artigo 74º dos estatutos da F.P.N., tendo os mesmos sido aprovados por unanimidade.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

1 de Janeiro de 2010 - Novas Regras para Fatos de Banho na Natação Pura

No seguimento da Acção de Formação "Novas Regras para Utilização de Fatos de Banho na Natação Pura", realizada no passado dia 3 de Dezembro, durante os Campeonatos Absolutos de Portugal – Piscina Curta, a FPN disponibiliza o material apresentado pela Formadora Mónica Silva.

Novas Regras para Utilização de Fatos de Banho na Natação Pura


Aplicadas em todas as competições de natação pura da FINA e nos Jogos OlímpicosEntrarão em vigor a partir de 1 de Janeiro de 2010O fato de banho masculino não pode ser acima do umbigo nem abaixo do joelho.

FINA Requirements for Swimwear Approval serão:

Critérios
O fato de banho feminino não pode cobrir o pescoço, passar os ombros nem estar abaixo do joelho.
O fato de banho masculino não pode ser acima do umbigo nem abaixo do joelho.
Composição
Fatos de banho masculinos apenas uma peça
Fatos de banho femininos uma ou duas peças.
Construção
Fechos não são permitidos
Costuras apenas com intuito funcional
Alterações não são permitidas

Rui Magalhães eleito para a Comissão de Treinadores do COP

O Seleccionador Nacional, Rui Magalhães, foi eleito por escrutínio para a Comissão de Treinadores do Comité Olímpico de Portugal para o mandato 2009-2012, pela segunda vez consecutiva e com o segundo maior número de votos (seis).
A votação decorreu na passada quinta-feira, dia 3 de Dezembro. Após escrutínio, foram eleitos João Ganço (Atletismo), Sérgio Santos (Triatlo), Luís Nunes (Ginástica -Trampolins), Tomaz Morais (Rugby) e Rui Magalhães (Natação). Ficou assim completa a comissão de treinadores, que irá reunir posteriormente para nomear o presidente da mesma comissão.
Da esquerda para a direita
Rui Magalhães (natação), João Salgado da Silva (comissão executiva do COP), Comandante Vicente Moura (presidente COP), Sérgio Santos (triatlo) e Tomaz Morais (rugby)

Jantar de Natal da FPN












Federação celebra jantar de Natal
 

A Federação Portuguesa de Natação realizou hoje o tradicional jantar de Natal, no qual esteve presente o presidente do IDP, Luís Sardinha, o presidente do COP, José Vicente Moura, o representante do secretário de Estado da Juventude e Desporto, Nuno Laurentino, presidentes das Associações Regionais e Distritais e das associações de classe, representantes das câmaras municipais de Oeiras e Setúbal e dos parceiros institucionais e comerciais e toda a estrutura directiva, técnica e administrativa da Federação.
O jantar decorreu no restaurante do Marquês, em Algés, num ambiente adequado à quadra festiva.
Paulo Frischknecht: “Relançamento dos próximos vinte anos”
 Para o dirigente da instituição, “nós na Federação Portuguesa de Natação, na estrutura profissional, nos colaboradores, nos funcionários, nos órgãos sociais, nos amigos, nos aficionados, naqueles que seguem o dia-a-dia da natação, percebemos que não podemos assentar a nossa prática, a nossa orientação e residir as nossas iniciativas apenas nos resultados desportivos. Esses, todos sabemos que são efémeros. Marcam gerações, marcam atletas, treinadores, clubes e, quando muito décadas em que foram conseguidos, mas no sentido de consolidar uma organização, uma prática desportiva e uma modalidade que nos é querida como é a natação, não podemos sistematicamente evocar os resultados que felizmente temos vindo a conseguir. Este último fim-de-semana é um exemplo sintomático disso mesmo. Uma participação tremenda que tivemos no Campeonato Europeu de piscina curta. Esses resultados amanhã serão perfeitamente efémeros e para ganhar o futuro precisamos de apostas.”
Paulo Frischknecht acrescentou que “a Federação completa 80 anos no próximo ano e percebe que deve alicerçar essa busca incessantes por melhores condições e por consolidação dessa aposta para o lançamento, senão relançamento dos próximos vinte anos, nas condições que nós entendemos serem as necessárias.”
“Nesta encruzilhada precisamos de perceber onde é que a natação se deve afirmar enquanto modalidade de alcance nacional. O que nós queremos é garantidamente conseguir condições para alavancar as disciplinas aquáticas que não apenas a natação”, referiu.
O presidente da FPN relembrou que “a Federação soube em tempo adequar os seus estatutos ao Regime Jurídico das instituições desportivas. A Federação orgulha-se de cumprir com as regras do jogo porque entende que esse é um traço de qualquer praticante. Esse é um traço de qualquer desportista, saber quais são as regras do jogo, cumpri-las à exaustão, com o fair-play que a situação obriga e depois tentar ser o melhor possível. É isso que nós fazemos, é esse o exemplo que seguimos, seguimos o exemplo das organizações de referência – o COP, a Liga Europeia, a Federação Internacional e também o IDP – e queremos ser tão bons como eles, do ponto de vista organizativo e da referência que constituem. Por outro olhar, fazer perceber a quem connosco trabalha, a quem connosco colabora, que a realidade que vivemos hoje em dia não é a realidade de há dez, vinte ou trinta anos. Antes pelo contrário, é a realidade que nós queremos ver concretizada nos próximos vinte ou trinta anos, sob pena não só de hipotecarmos o futuro às gerações futuras, como principalmente condicionarmos fortemente a acção presente daqueles que hoje emprestam o seu esforço à Federação Portuguesa de Natação.”
Vicente Moura: “Estamos no bom caminho”
O presidente do COP começou por relembrar o seu passado na natação, como atleta e dirigente, referindo a mudança verificada nos últimos anos. Vicente Moura afirmou que “vivemos nesta altura num clima tranquilo – a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, a Administração pública, o Comité Olímpico, as Federações – vivemos em plena cooperação e trabalhamos de uma forma comum para potenciar as possibilidades de representação nos próximos Jogos Olímpicos em Londres, em 2012.”
Para Vicente Moura, “estamos no bom caminho. Estamos em condições de em 2012 termos uma representação com mais atletas, provavelmente mais modalidades, e com um nível médio bastante superior àquele que apresentámos em Pequim. Estou tranquilo e estou certo que sendo este o meu último mandato irei em Março de 2013 irei para casa com a certeza de ter feito tudo para termos uma representação em Londres que honre Portugal. “
Luís Sardinha: “Este foi um ano muito especial”
O presidente do Instituto do Desporto de Portugal afirmou que “2009 representa um ano de transição entre aquilo que foi o êxito desportivo por parte da Federação e nomeadamente dos seus atletas e o ano de 2010, em que a Federação celebra os seus 80 anos.”
Luís Sardinha considera que “é um ano de transição importante, porque nós hoje reconhecemos muitos dos resultados desportivos que foram obtidos pelos nadadores e este ano foi um ano muito especial, em que foram batidos inúmeros recordes nacionais. Um número muito interessantes, que é um número igual aos anos que a Federação vai fazer no próximo ano, que são 80. Ou seja, 42 recordes nacionais em piscina curta e 38 recordes nacionais em piscina de 50 metros. É um ano importante, de transição. Durante o ano de 2009 o presidente da Federação de Natação foi eleito para um cargo importante na Federação Internacional de Natação. Naturalmente que todos nós reconhecemos a importância que uma eleição desta natureza tem, quer de natureza pessoal como também aquilo que tem a ver com o trabalho que a respectiva Federação tem feito em prol dos seus nadadores, em prol do desenvolvimento da natação. Sabemos que uma eleição efectuada por uma larga maioria naturalmente que é o reconhecimento do trabalho efectuado pelo presidente da Federação, Paulo Frischknecht.”



Reportagem FPN On-Line: "Federação celebra jantar de Natal"

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Resultados do Campeonato Nacional feminino e Resultados da 2.ª Divisão



Resultados do Campeonato Nacional feminino de pólo aquático.

Resultados
Classificação
Marcadoras
Campeonato
 
 

Resultados do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de pólo aquático.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Resultados finais do Camp Nac Clubes 3ª Divisão em Ponte de Sor

Decorreu no dias 12 e 13 de Dezembro, nas Piscinas Municipais de Ponte de Sor (p25m), o Campeonato Nacional da 3.ª Divisão, com 357 nadadores (181 masculinos e 176 femininos) em representação de 36 Clubes, disputaram os 4 lugares de subida à 2ª divisão e os 4 lugares de descida à 4ª divisão e durante o qual foram estabelecidos três máximos nacionais.
No final do Campeonato Nacional Clubes da 3ª Divisão feminino, a Portinado alcançou o seu principal objectivo, subida de divisão, para o próximo ano estará na 2ª Divisão. Alcançando um excelente segundo lugar no final da prova, assim subiu uma posição. No sector masculino o Beja (CNBE) ficou em 23º com 60 pontos e a descida para 4.ª Divisão

O Alcobaça (femininos) e o Colégio Vasco da Gama (masculinos) venceram em Ponte de Sor o Campeonato Nacional da 3.ª Divisão.
No sector feminino foram promovidos à 2.ª Divisão Nacional o Alcobaça (249 pontos), Portinado (248), Pimpões/Cimai (246) e Gespacos (243). As equipas que irão disputar a 4.ª Divisão na próxima época são o Fluvial Portuense (102 pontos), Ginásio Santo Tirso (95), Sporting de Espinho (58) e Sporting de Aveiro (36).
Em masculinos, foram apurados para a 2.ª Divisão o Colégio Vasco da Gama (284 pontos), Belenenses (268), Litoral Alentejano (268) e Gespaços (256). Os clubes que desceram de divisão foram o Benedita (107), Natação de Vila Real (95), Beja (60) e Viana Natação (58).
Também, durante o Campeonato Nacional da 3.ª Divisão foram batidos três recordes nacionais. Diogo Gomes Sousa, do Colégio Vasco da Gama, estabeleceu dois máximos nacionais do escalão de Juvenis B. Nos 50 metros livres fez a marca de 23.96, melhorando o máximo anterior, que era de 24.49 e pertencia a Diogo Carvalho desde 2003. Nos 100 livres nadou em 52.59, abaixo do registo de 52.66 que tinha sido alcançado por David Ferro em 1999.
Ana Pinho Rodrigues, da Associação Estamos Juntos, bateu o próprio recorde nacional de juniores da prova de 100 metros bruços. A nadadora terminou em 1:08.85, superando o tempo de 1:09.00 que tinha obtido na semana passada em Leiria.


Resultados Finais
Classificação Masculina
Classificação Feminina

Masc.
1. Gustavo Manuel Santa 93 Litoral Alentejano 800m Livres 8:04.39 836p
2. Pedro Fontoura Oliveira 90 Clube Futebol Os Belenenses 800m Livres 8:10.20 806p
3. Miguel Monteiro Diogo 93 Clube de Natação de Alcobaça 800m Livres 8:15.92 779p
4. Bruno Daniel Monteiro 88 Clube Fluvial Portuense 100m Bruços 1:03.63 740p
5. Nuno Rafael Alves 90 Gespacos 800m Livres 8:26.68 730p
6. Luis Nobre Neto 90 Clube de Natação da Maia 100m Bruços 1:04.40 714p
Femin.
1. Ana Pinho Rodrigues 94 Associação Estamos Juntos 100m Bruços 1:08.85 830p
2. Sofia Pavao Machado 94 Clube Naval de Ponta Delgada 100m Livres 58.44 713p
3. Helyana Maria Moitalta 92 Portinado 100m Livres 58.88 697p
4. Ana Margarida Domingos 93 Académico Viseu Futebol Clube 400m Livres 4:30.91 680p
5. Diana Margarida Duraes 96 Foca 200m Estilos 2:25.72 668p
6. Ines Jesus Bringel 92 Portinado 100m Mariposa 1:04.66 661p

Recordes Batidos
Masc., 50m Livres
Diogo Gomes Sousa 95 CNCVG 23.96 Recorde Nacional Juvenis B 15
Masc., 100m Livres
Diogo Gomes Sousa 95 CNCVG 52.59 Recorde Nacional Juvenis B 15
Femin., 100m Bruços
Ana Pinho Rodrigues 94 AEJ 1:08.85 Recorde Nacional Junior

domingo, 13 de dezembro de 2009

Europeu de Istambul fecha com o 12.º recorde nacional


Diogo Carvalho bateu o recorde nacional absoluto dos 50 metros mariposa, a quinta marca nacional que obteve no 13.º Campeonato da Europa de piscina curta que hoje encerra em Istambul.
O olímpico português fez o tempo de 23.63, melhorando o registo de 23.75 que já era seu desde o mês passado. Diogo Carvalho ficou classificado na 32.ª posição nas eliminatórias.
Nos 200 livres, Adriano Niz foi o nadador português com melhor registo. Terminou em 26.º, com o novo recorde pessoal de 1:46.05. César Faria e Luís Pinto assinalaram ambos a mesma marca de 1:47.08, correspondente ao 31.º posto. Para César, trata-se de um novo máximo pessoal. Luís Vaz foi 41.º, com 1:48.01, o melhor tempo de sempre do nadador de Famalicão.
Tiago Venâncio é o recordista nacional absoluto, com 1:45.70, alcançado no mês passado em Espanha.

Durante os quatro dias de competição na Turquia, a Selecção Nacional bateu onze recordes nacionais absolutos e um recorde sénior:
Adriano Niz (200 costas)
Alexandre Agostinho (50 livres; 100 livres por duas vezes)
Diana Gomes (100 bruços)
Diogo Carvalho (50 mariposa, 200 estilos por duas vezes; 400 estilos, 200 mariposa)
Fábio Pereira (400 livres)
Recorde sénior:
(Diana Gomes, 50 bruços).
Portugal marcou a presença em quatro finais, por intermédio de Diogo Carvalho (200 estilos, 400 estilos e 200 mariposa) e Alexandre Agostinho (100 livres) e duas meias-finais (Alexandre Agostinho, 50 e 100 livres).

Rui Magalhães: “Europeu marcante para a Natação Portuguesa”
O Seleccionador Nacional considera que a competição de Istambul foi “marcante para a Natação Portuguesa. O melhor da década, que só encontra paralelo no Europeu de Lisboa.”
“A concretização de quatro finais, duas meias-finais, mais de uma dezena de recordes nacionais, a que acresce mais de meia dúzia de melhores marcas pessoais, traduz um sucesso abrangente desta Selecção.”
Para o responsável técnico, “a conquista de três finais, uma das quais inédita, acompanhada de sucessivos recordes nacionais, coloca o Diogo Carvalho num patamar elevado na natação europeia, consolidando todo o excelente trabalho desenvolvido. Estar sistematicamente entre os melhores, e saúda-se igualmente a entrada do Alexandre Agostinho neste grupo, é o primeiro passo para voos mais elevados, para ambos, e referências para os que lhes sucedem.”
Rui Magalhães afirmou que o Europeu “marca simultaneamente o fecho de um ciclo – fim dos badalados fatos-de-banho – de que a Natação Nacional também tirou os devidos proveitos, como ficou demonstrado nos recentes Campeonatos Nacionais, embora de forma menos explosiva que no plano mundial, mas acompanhando essa tendência. Este é um dado incontornável, que alguns agentes tentam denegrir, desvalorizando todo o trabalho desenvolvido por treinadores e nadadores, como fazendo crer que as suas evoluções se devem apenas a ‘um pedaço de borracha’.”
O Seleccionador considera que a partir de Janeiro “se abre uma nova era, mais estimulante para todos, mas que servirá de inolvidável desafio a todos os nadadores, assim sejam persistentes.”

- Resultados em Directo do Europeu de Istambul’09
- Start-List & Resultados do Europeu de Istambul’09
- Entry-List Europeu de Istambul’09
- Site Oficial dos Campeonatos da Europa de Piscina Curta Istambul’09

Reportagem FPN On-Line: "Europeu de Istambul fecha com o 12.º recorde nacional"

Resultados finais do Camp Nac Clubes 4ª Divisão em Ponte de Sor

Os Campeonatos Nacionais da 4ª Divisões decorreram este fim de semana (dias 12 e 13) nas Piscinas Municipais de Ponte de Sor (p25m). A 4ª Divisão, com 303 nadadores (158 masculinos e 145 femininos) em representação de 39 Clubes, na disputa dos 4 lugares de acesso à 3ª divisão.

No final do Campeonato Nacional Clubes 4ª Divisão femininos, o Clube Natação de Olhão (CNOL) foi a única equipa da ANALG a subir à 3ª Divisão, no segundo lugar com 271 pontos, logo atrás das campeãs, as Açorianas do Ancorensis/Serralharia Ribeiro (CDAN) com 293 pontos. E à frente da equipa de Santa Maria da Feira o Feirense (CDF) com 268 pontos.
O Clube Natação de Beja (CNBE), manteve o 8º lugar com 192 pontos. O Tavira Natação Clube (TNC) subiu uma posição e acabou no 23º lugar com 66 pontos.
Na prova feminina, subiram à 3.ª Divisão Nacional o Ancorensis/Serralharia Ribeiro (293 pontos), Natação de Olhão (271), Feirense (268) e Torres Novas (237).
Vão ter de disputar no próximo ano a Fase de Qualificação para a 4.ª Divisão as equipas do Núcleo Sportinguista (97 pontos), Miranda do Corvo (77), Tavira Natação (66) e Palmela Desporto (58).

Em masculinos o Clube Natação de Olhão (CNOL), subiu dois lugares acabando os Campeonatos em 9º lugar com 181 pontos.
Na prova masculino, subiram à 3.ª Divisão o Naval de Ponta Delgada (265 pontos), Estudantes de Medicina (261), Colégio Monte Maior (258) e Ginásio Figueirense (257).
Foram despromovidos o Núcleo Sportinguista (85), Esposende2000 (71), Natação do Tejo (61) e Elvense (48).
Melhor performance (Tabela FINA), foi para o nadador João Mártires Costa do Ginásio Clube de Vila Real nos 100m Mariposa com 59.47 e 676 pontos e femininos a melhor foi a nadadora da ANALG a Inês Nunes Tareco do Clube de Natação de Beja nos 100m Livres com 59.47 e 676 pontos.

As melhores 3 Performance femininas:
1. Inês Nunes Tareco 93 Clube de Natação de Beja 100m Livres 59.47 676p
2. Ana Beatriz Silva 96 Gafanha da Encarnação 100m Livres 1:01.14 622p
3. Patrícia Fonseca Silva 93 Clube Desportivo Feirense 200m Bruços 2:44.36 603p

As melhores 3 Performance masculinos:
1. João Mártires Costa 85 Ginásio Clube de Vila Real 100m Mariposa 54.29 772p
2. Mario Alexandre Pereira 92 Ginásio Clube Figueirense 100m Livres 51.95 696p
3. João Rafael Pereira 88 CLAC-Entroncamento 100m Mariposa 56.88 672p


Classificação final por equipas Femininos - Camp Nac Clubes 4ª Divisão:
1. Ancorensis/Serralharia Ribeiro (CDAN) 293p
2. Natação de Olhão (CNOL) 271p
3. Feirense (CDF) 268p
4. Torres Novas CNTN 237p
8. Beja (CNBE) 192p
23. Tavira Natação (TNC) 66p
Classificação final por equipas Masculinos - Camp Nac Clubes 4ª Divisão:
1. Naval de Ponta Delgada CNPD 265p
2. Estudantes de Medicina AEMUD 261p
3. Colégio Monte Maior CIMM 258p
4. Ginásio Figueirense GCF 257p
11. Natação de Olhão (CNOL) 181p

Resultados do Camp Nac Clubes 3ª Divisão ao fim do 1º dia de provas em Ponte de Sor


Campeonatos Nacionais da 3ª e 4ª Divisões decorrem este fim de semana (dias 12 e 13) nas Piscinas Municipais de Ponte de Sor (p25m) com a presença de 660 nadadores!
De manhã, a 4ª Divisão, com 303 nadadores (158 masculinos e 145 femininos) em representação de 39 Clubes, na disputa dos 4 lugares de acesso à 3ª divisão.

De tarde, a 3ª divisão, com 357 nadadores (181 masculinos e 176 femininos) em representação de 36 Clubes, na disputa dos 4 lugares de subida à 2ª divisão e os 4 lugares de descida à 4ª divisão.

Ao fim do 1º dia de provas na 3ª divisão femininos, a Portinado está em boas condições de subir à 2ª Divisão, encontrando-se em 3º lugar com 128 pontos, logo atrás da equipa do Alcobaça (CNAL) em 1º lugar com 199 pontos e em 2º lugar está a equipa da Gespacos (GESP) com 131 pontos.


O  Clube Natação de Beja (CNBE) masculinos, encontra-se no 24º lugar com 23 pontos.

Recorde Nacional Juvenis B
Diogo Gomes Sousa (95 CNCVG) bateu o Recorde Nacional Juvenis B nos 50m Livres com o tempo de 23.96 melhorando os 24.49 de Diogo Carvalho (CGA) a 16/06/2003 em Estarreja.

Melhor performance (Tabela FINA), foi para o nadador Pedro Fontoura Oliveira do Clube Futebol Os Belenenses nos 400m Livres com 3:52.46 e 803 pontos e a melhor performance feminina foi a nadadora Ana Pinho Rodrigues da Associação Estamos Juntos nos 200m Bruços com 2:29.97 e 794 pontos. A nadadora da ANALG, Helyana Maria Moitalta da Portinado nos 100m Livres com 58.88 e 697 pontos, obteve a 3ª melhor performance feminina.


As melhores 3 Performance femininas:
1. Ana Pinho Rodrigues 94 Associação Estamos Juntos 200m Bruços 2:29.97 794p
2. Sofia Pavao Machado 94 Clube Naval de Ponta Delgada 100m Livres 58.44 713p
3. Helyana Maria Moitalta 92 Portinado 100m Livres 58.88 697p

As melhores 3 Performance masculinos:
1. Pedro Fontoura Oliveira 90 Clube Futebol Os Belenenses 400m Livres 3:52.46 803p
2. Gustavo Manuel Santa 93 Litoral Alentejano 400m Livres 3:53.07 797p
3. Miguel Monteiro Diogo 93 Clube de Natação de Alcobaça 400m Livres 3:57.62 752p

Classificação por equipas Femininos - Camp Nac Clubes 3ª Divisão ao fim do 1º dia de provas:
1. Alcobaça (CNAL) 139
2. Gespacos (GESP) 131
3. Portinado (PORTIN) 128
3. Pimpões/Cimai (PIMP) 128

Classificação por equipas Masculinos - Camp Nac Clubes 3ª Divisão ao fim do 1º dia de provas:
1. Colégio Vasco da Gama (CNCVG) 131p
2. Belenenses (CFB) 119p
3. Litoral Alentejano (CNLA) 117p
3. Gespacos (GESP) 117p
24. Beja (CNBE) 23


Reportagem AN On-Line: "Campeonatos nacionais 3ª e 4ª Divisão com 4 equipas Algarvias em prova"
Reportagem AN On-Line: "Resultados do Camp Nac Clubes 4ª Divisão ao fim do 1º dia de provas em Ponte de Sor"

Resultados do Torneio de Fim de Ano para Cadetes


No Sabado (12 de Dezembro), Teve lugar nas Piscinas Municipais de Loulé o Torneio de Fim de Ano - para Cadetes



 
Resultados do Torneio de Fim de Ano para Cadetes

Diogo Carvalho e Agostinho em 10.º no Europeu



Diogo Carvalho (200 mariposa) e Alexandre Agostinho (100 livres) obtiveram ambos o 10.º lugar nas finais do 13.º Europeu de piscina curta que amanhã termina em Istambul.
O nadador aveirense realizou a marca de 1:54.70, acima do recorde nacional absoluto alcançado nas eliminatórias da manhã (1:53.39).
Diogo Carvalho tornou-se o segundo nadador português a qualificar-se para três finais (200 e 400 estilos e 200 mariposa) na mesma edição de um Campeonato da Europa, depois de José Couto.
Alexandre Agostinho terminou a final em 47.77, registo superior ao máximo nacional absoluto de 47.64 que estabeleceu nas meias-finais.
Nas eliminatórias da manhã, Diana Gomes bateu o próprio recorde nacional absoluto dos 100 metros bruços, ao alcançar o tempo de 1:07.87 (30.º) nas eliminatórias. A brucista lusa tinha como máximo 1:08.42, registo obtido no Europeu de Debrecen, realizado há dois anos.
Adriano Niz terminou os 100 metros costas em 36.º, com 53.97, acima do seu recorde pessoal de 53.81. O recorde nacional absoluto está na posse de Nuno Laurentino desde 2002 e é de 53.04.

- Resultados em Directo do Europeu de Istambul’09
- Start-List & Resultados do Europeu de Istambul’09
- Entry-List Europeu de Istambul’09
- Site Oficial dos Campeonatos da Europa de Piscina Curta Istambul’09


Programa de Domingo
50 Mariposa Masculinos (74 Nadadores)
Diogo Carvalho – 27.º – 23.75
200 Livres Masculinos (61 Nadadores)
Luís Pinto – 28.º tempo – 1:46.65
Adriano Niz – 29.º tempo – 1:46.89
Luís Vaz – 43.º tempo – 1:48.38
César Faria – 45.º tempo – 1:48.79

Dossier de Imprensa

Antigo logo da ANALG